Seu navegador não suporta Javascript.

Vereadora Edith Alencar Cala o Executivo e o Legislativo

06/06/2017 - 08h53min
ampliar Vereadora Edith Alencar Cala o Executivo e o Legislativo Vereadora Edith Alencar Cala o Executivo e o Legislativo

Nas duas últimas semanas, o presidente da Câmara dos vereadores, Jocione Silva, tem tido muito trabalho para colocar em pratica os subsídios dos vereadores. Já marcaram várias reuniões e uma convocação de sessão extraordinária para dia 03/06 (sábado passado) pelo presidente, para tratar exclusivamente do assunto e nada foi resolvido.


A vereadora Edith Alencar, sempre responsável e determinada com sua opinião, jogou logo um balde de agua frias em todo processo sobre como estava sendo conduzido, “está tudo errado” disse a vereadora Edith, que chamou a responsabilidade para si, e deu uma aula de conhecimento, e claro, de responsabilidade com dinheiro público, para o presidente, o prefeito e toda sua assessoria jurídica e contábil! Na indefinição de valores e informações sobre subsídios que eram  desencontradas, a vereadora Edith buscou informações da assessoria junto ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) e constatou que os salários que o presidente queria pagar aos vereadores estavam completamente equivocados; o mais pior e grave, foi constado também que o executivo ou seja, a prefeitura estava passando os cálculos com  os valores a menor para a câmera dos vereadores, que causaria um grande prejuízo para a câmara dos vereadores e consequentemente para todos vereadores em relação seus salários. A vereadora Edith Alencar manuseada com documentos e informações do TCE, disse que caso não fosse descoberto a câmara deixaria de receber em 24 meses o montante aproximadamente de 72.000,00 (setenta e dois mil reais). É lamentável o que acontece na Câmara, os procedimentos errados, as publicações de leis no Diário Oficial dos Municípios sem seres votadas, os números de leis errados, o que compromete a legalidade das mesmas; ou seja, tudo de pernas para o ar, mas é a pura verdade!


“Lamento muito, mas se querem administrar uma câmara ou até mesmo a prefeitura é bom terem cuidado com suas assessorias caso contrários iriam ser penalizados os dois gestores por improbidade administrativa caso a vereadora não tivesse descoberto esses erros primários! ” Disse a vereadora Edith.


Uma pergunta que não quer calar, se forem constatados o mesmo erro de repasse a menor até porque foi a mesma acessória contábil que informaram na gestão do então ex-presidente Luizão (2015/2016) dos subsídios dos salários dos vereadores, e ninguém tinha coragem de questionar e o ex-presidente Luizão também não tinha nenhum interesso de buscar informações justamente para fazer o certo. Isso poderá lhe custar caro em suas prestações de contas que poderá vim!


Uma continha básica caso seja verdade, os vereadores (Edith, Antônia Santana, Firmo Barradas, Silva Neto, Presley, Jocione, Gilvan, Luizão e Casabranca) deixaram de receber em (2015/2016) na gestão do ex-presidente Luizão, aproximadamente 6.000,000 (seis mil reais) cada vereador, um total de 54.000,00 (cinquenta e quatro mil reais) que o Executivo deixou de passar para o Legislativo conforme informação não oficial, durma com uma loucura dessa!


“Quando eu era Presidente da Câmara eu tinha convenio e uma acessória da AVEP onde me orientavam em todas as questões administrativas e jurídicas, e hoje vejo que esse convenio que seria para ajudar o presidente, foi cancelado e nenhum vereador tem interesse de se informar ou ao menos de ler o Regimento Interno e a Lei Orgânica. ” Disse a vereadora Edith.


O site agricolandianews.com está à disposição para qualquer uma das partes citadas para maiores esclarecimentos.

EnqueteVocê é a favor ou contra da Lei da Ficha Limpa para nosso municipio. Vote SIM P/ a favor e NÃO P/ contra.

Auditado por Google Analytics