Seu navegador não suporta Javascript.

Na contra mão da ética e da moralidade

27/11/2015 - 01h04min
ampliar Luizão presidente da câmara Luizão presidente da câmara

No dia 20 de agosto desse ano, a vereadora Edith Alencar apresentou uma Lei para ser votada na Câmara: a “Lei da Ficha Limpa”. Esta Lei obrigaria o gestor a nomear somente pessoas que não possuam processos na Justiça, ou seja, o prefeito só poderia nomear para secretários, diretores ou assessores, pessoas sem pendências com a Justiça, as chamadas “Ficha Limpa”.



Após a apresentação do projeto desta Lei, os vereadores a aprovaram por unanimidade e elogiaram a iniciativa, mesmo porque essa Lei vem ao encontro do que estamos vendo no momento, com tanta denúncia de corrupção nos noticiários nacionais. O mínimo que podemos desejar como cidadão, é simplesmente tirar do nosso meio políticos que desviaram recursos de nosso município, utilizando-os em proveito próprio.


Sexta-feira passada o prefeito mandou um oficio à Câmara de vereadores vetando este projeto de Lei. Surpreendentemente, o presidente da Câmara perdido, sem a menor noção, sem consultar e muito menos conhecer a Lei Orgânica da Câmara colocou imediatamente a matéria em votação e orientou os vereadores votarem a favor do veto do prefeito (ou seja, contra o desejo do povo de nossa cidade). Esta era a ordem. Os vereadores da base que encontravam-se presentes à sessão (Luizão, Jocione, Presley, Gilvan e Silva) votaram a favor do veto, mostrando total subserviência aos mandamentos do Prefeito. O vereador Firmo Barradas o mais experiente vereador da casa absteve-se de votar, enquanto Antônio Casa Branca votou contra o veto. Dona Antonia do Santana e Edith Alencar não estavam presentes na sessão.


O que revolta o povo é que esses vereadores foram eleitos, fizeram um juramento para fiscalizar e defender o interesse do povo no município, e na verdade o que eles estão fazendo e defendendo justamente aqueles que já passaram pela prefeitura e sequiaram, desviaram os recursos que eram para saúde, educação, merenda escolares... que a justiça condenou e hoje são os “Ficha Suja”.



O mais grave é que um vereador, que pediu sigilo da fonte, confessou que o Prefeito Walter Alencar está sendo pressionado por ex-vereadores, ex-prefeitos e os novos correligionários de última hora que poderão, a qualquer minuto, serem processados e não terem mais condições de serem nomeados para cargos públicos, caso esta Lei fosse aprovada. Alguns possíveis futuros “Ficha Suja” estão se juntando e pressionando o prefeito e já falam em mudar de lado, tudo para não perderem a “boquinha” patrocinada justo com o nosso dinheiro.


Agora, nos próximos meses, os “Ficha Suja” irão receber seus salários, trabalhando ou não. Enquanto isso, muitos cidadãos de nossa cidade não terão o que colocar na mesa de Natal. E ainda há aqueles que batem palmas para essa atitude do prefeito!


Só para informar, essa mesma "Lei da Ficha Limpa" foi aprovada na cidade de Picos apresentada pela vereadora (Advogada) Maria de Fatima Lacerda de Sá Barros.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

EnqueteVocê é a favor ou contra da Lei da Ficha Limpa para nosso municipio. Vote SIM P/ a favor e NÃO P/ contra.

Auditado por Google Analytics