Seu navegador não suporta Javascript.


Homenagem Póstuma

05/10/2011 - 20h15min
ampliar selo em homenagem a dr orlando selo em homenagem a dr orlando

A conceituada Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, num gesto que expressa gratidão e solidariedade, homenageou com um SELO, seu ex- funcionário  ORLANDO  ALENCAR  FERREIRA, falecido prematuramente em Teresina-Piauí, no dia 12 de setembro de 2006, aos 52 anos de idade.


O homenageado apesar de ter nascido em São Pedro do Piauí, em verdade, gostava mesmo era de Agricolândia, cidade que adotou e passou a residir em companhia de sua família no início dos anos 70.


O Doutor Orlando, como era conhecido, destacou-se como advogado combativo, radialista e comentarista político. Tinha na oratória a sua característica mais marcante.


A arte de fazer amigos era inerente ao Dr. Orlando. E quem teve o privilégio de usufruir de sua amizade, conheceu também um homem sério, destemido, educado e comprometido com os verdadeiros interesses da sociedade.


Portanto, ao registrar essa merecida homenagem que tanto nos orgulha, queremos externar nossas congratulações à distinta família ALENCAR FERREIRA.


Redação do site agricolandianews.com

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





TV NEWS - VÍDEOS


   

Ver todos os vídeos

Vândalos decidem furtar materiais do prédio da CENEC

05/10/2011 - 11h51min
ampliar Vândalos decidem furtar materiais do prédio da CENEC Vândalos decidem furtar materiais do prédio da CENEC


Vândalos decidiram invadir um prédio de propriedade da CENEC e retirar materiais para utilização em suas residências. Telhas, e madeiras são alguns dos materiais que foram furtados da propriedade pública, localizada na Rua Ernesto Ribeiro a poucos metros da delegacia de policia de Agricolândia.


 A propriedade do prédio abandonado ainda é discutida, Segundo informações uma alternativa, porém, pode surgir assim que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decidir sobre de quem é a propriedade do prédio, existe um processo transitando em favor a desapropriação movida pela Prefeitura Municipal de Agricolândia contra a CNEC, o qual espera a decisão Judicial para que este prédio seja de propriedade da Prefeitura, sendo assim o prédio está sob Judicí, ficando assim intocável pela CENEC e pelo Município e muito menos por terceiros e vândalos.


Ainda temos a informação de que as pessoas que furtaram esses materiais da antiga CENEC foram auxiliadas com a ajuda de um vereador da cidade.


Por Mauricio Alves (86) 9952-9851




zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





Dia 1º de outubro, Dia do Vereador

04/10/2011 - 07h55min
ampliar Dia 1º de outubro, Dia do Vereador Dia 1º de outubro, Dia do Vereador

Basicamente as funções e atribuições dos Vereadores estão expressas na Constituição Federal (arts. 29, 29/A e 39 a 46), na Lei Orgânica do Município e no Regimento Interno da Câmara Municipal. O Vereador é membro do poder Legislativo, eleito pelo povo, tendo como funções legislar, ou seja, criar leis que tornem a sociedade mais justa e humana; a fiscalização financeira e da execução orçamentária, mantendo o controle externo do Poder Executivo Municipal, e ainda, o julgamento das contas apresentadas pelo prefeito e praticando atos de administração interna.


Felizmente nos dias de hoje a população tem tomado consciência das legítimas obrigações do vereador, exigindo dele uma participação mais efetiva junto à sua comunidade. Os cidadãos já sabem, por exemplo, que asfaltar ruas , saneamento básico, atendimento médico, educação básica, é obrigação do Poder Executivo, do prefeito, cabendo ao Vereador indicar e fiscalizar, ressaltando-se, entretanto, que o Vereador tem a responsabilidade de aprovar as leis orçamentárias, momento em que poderá estabelecer políticas públicas que deverão ser cumpridas pelo Executivo.


O Vereador é o legislador mais próximo do cidadão, uma vez que o deputado estadual se desloca para a capital do Estado, e o Deputado Federal e o Senador ficam, em Brasília, devido à nossa posição geográfica, estamos mais perto do Poder Federal, em relação ao Estado.


Em virtude desta Proximidade com o povo, o Vereador é o mais cobrado no atendimento dos anseios e necessidades dos munícipes que, quase sempre, são problemas relacionados à competência do Poder Executivo.


É direito e dever dos cidadãos cobrar do vereador uma atitude de modo a representa-los com dignidade e competência, apresentando proposições e sugerindo medidas que visem os interesses coletivos, usando da palavra e das atitudes de autoridades constituídas em defesa do município e de seus habitantes.


Os Vereadores são eleitos por um período de 4 (quatro ) anos e tomam posse no primeiro dia do ano seguinte ao da eleição, quando inicia-se a legislatura.


No dia da posse, eles juram cumprir a Constituição Federal, a Constituição Estadual e a Lei Orgânica Municipal (a Lei maior do Município), observar as leis, desempenhar o mandato e trabalhar pelo progresso do Município e o bem estar de seu povo.


O site agricolandianews.com pergunta.


Você está satisfeito com os trabalhos do seu vereador?
Você votaria no mesmo vereador que votou na ultima eleição?


Vote na enquete.





Filiações do PSD realizada em Agricolândia

04/10/2011 - 07h15min
ampliar Filiações do PSD realizada em Agricolândia Filiações do PSD realizada em Agricolândia

O vereador Walter Alencar realizou neste sábado em Agricolândia uma grande conversão  para filiações do seu novo partido  PSD, tornando-se o maior partido da cidade com 04 vereadores ( Walter, Edith, Braga e Luzeth).


Ate então era pra ser somente conversão do PSD, mais depois com o pedido do prefeito João de Deus, Walter Alencar concordou que fizesse todos juntos a convenção partidária dos demais partidos  PP, PTB, DEM e PRTB no clube do CSA.


As filiações coletivas tiveram inicio as 13h00minh como objetivo filiar pessoas que se identificam com a ideologia de algum dos partidos e o término foi 17h30minh.


O PSD filiou-se 200 eleitores, PTD 27 eleitores, PRTB 8 eleitores, PP e DEM não temos informações.


Logo após as filiações o Vereador Walter agradeceu a presença de todos e brindaram com uma grande festa para mais de 02 mil pessoas presentes. Na oportunidade estava presente o deputado estadual Gustavo Neiva, o prefeito de Lagoinha Dr. Alcione, Prefeito de Barro Duro Deusdeth, Vereador de Monsenhor Gil Mailson e demais autoridades locais.


Está surgindo uma possível 3º via para salvar Agricolândia.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





Filiações do PSD realizada em Agricolândia

04/10/2011 - 06h57min
ampliar Filiações do PSD realizada em Agricolândia Filiações do PSD realizada em Agricolândia

Fotos da conversão do PSD.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Filiações do PSD realizada em Agricolândia

04/10/2011 - 06h38min
ampliar Filiações do PSD realizada em Agricolândia Filiações do PSD realizada em Agricolândia

Fotos da canversão do PSD

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Moradores da comunidade Buraco Dágua reclamam da péssima organização do festejo

03/10/2011 - 08h21min
ampliar Moradores da comunidade Buraco Dágua reclamam da péssima organização do festejo Moradores da comunidade Buraco Dágua reclamam da péssima organização do festejo


Em ato de protesto contra a falta de organização, humilhação e despreparo que aconteceu com o festejo da comunidade Buraco D’água, no dia 01 de outubro último dia de festejo, mais da metade dos barraqueiros resolveram fechar suas barracas, os mesmos alegam inúmeras irregularidades e humilhações que a comunidade sofreu da parte de organização da Prefeitura de Agricolândia.


Uma dos motivos de revolta dos moradores foi em relação ao contrato da banda, pois a mesma foi contratada em cima da hora sem aviso, e em um dia não proporcional para este tipo de evento, pois no mesmo dia houve festa na comunidade Estaca-Zero, uma festa em Todos os Santos e uma seresta no CSA Clube no qual houve mais de 100 caixas de cerveja e carne totalmente grátis, que inclusive o Prefeito João de Deus estava lá no CSA, e nem lembrou que neste mesmo dia estava havendo festa na comunidade Buraco D’água. 


Sabemos que se não fosse pela pressão da mídia da cidade de Agricolândia nem festa haveria na comunidade, pois ate o dia 27 quinta-feira, ainda não havia nenhuma banda contratada para celebrar o encerramento do festejo. Nas outras comunidades foi bem diferente, pois em cada uma houve dois dias de festa, e as bandas fora contratada com muita antecedência, e só lembrando a todos que a banda do festejo do bairro Baixa já esta pré-contratada.


Podemos dizer que o Festejo de Santa Terezinha é de altíssima importância para esta localidade mais em se tratando desta Administração  não podemos esperar nada de melhor para a nossa gente. 


 


"Fazer o bem sem olhar a quem" dessa forma  seria uma administração justa para todos.


"Fazer o mal sem olhar a qual" é dessa forma que fazem a política ou o que podemos chamar de politicagem que é  mesquinha ordinária e só beneficia a meia dúzia de pessoas em Agricolândia.


 


Por Mauricio Alves (86) 9952-9851


 


Forró Danadu neste sábado na comunidade Buraco Dágua

29/09/2011 - 16h00min
ampliar Forró Danadu neste sábado na comunidade Buraco Dágua Forró Danadu neste sábado na comunidade Buraco Dágua


Finalmente saiu o nome da banda que irá animar o ultimo dia de festejo da comunidade Buraco D’água, será a banda Forró Danadu, o evento começa apartir das 22h00min horas, como era de se esperar haverá apenas a apresentação de uma banda. Agricolandianews.com estará no local fazendo clicks da galera. 


Por Mauricio Alves  (86) 9952-9851

Crime e Castigo

29/09/2011 - 09h05min
ampliar A espada da Justiça mais uma vez em ação! A espada da Justiça mais uma vez em ação!

Diariamente, leitores fazem diversas denúncias sobre irregularidades e fatos escabrosos ocorridos em nossa Agricolândia. Logo depois, quando não publicamos (ou demoramos a publicar), questionam o porquê da omissão. Esclarecemos: somente publicamos e divulgamos fatos comprovados e documentados, testemunhados por pessoas de diferentes opiniões, se possível fotografados.


Há muito temos a informação da condenação do expresidente da Câmara Municipal, Gilvan Vaqueiro, a devolver aos cofres públicos vultuosa quantia em dinheiro, fruto de irregularidades cometidos durante sua gestão no comando do Poder Legislativo Municipal. Ontem conseguimos a documentação comprobatória, disponível para quem quiser ver.
O processo TCE 15496/10, que investiga as contas da Prefeitura e da Câmara Municipal referente ao ano de 2.009, condena tanto o Prefeito João de Deus (prestes a ser cassado conforme matéria postada ontem) como o vereador Gilvan. Quanto a este último, no referido relatório, na página 24, temos:


(...)
g) Julgamento de irregularidade às contas da Câmara Municipal, na forma do art. 122, inciso III, da Lei Estadual nº 5.888/09, c/c à aplicação de multa ao responsável, a teor do prescrito no art. 41, inciso II, “b”, “c” e “d”, da Lei Estadual nº 4.721/94, acrescido de imputação de débito de R$ 75.952,20 (...), sendo R$ 5.082,00 oriundos de pagamento ilegal de sessões extraordinárias (item 2.2.6, “e”) e R$ 70.870,20 referentes à variação ilegal dos subsídios dos Vereadores (item 2.2.6, “h”); (grifo nosso)
h) Pela multa de 30% dos vencimentos anuais do Chefe do Poder Legislativo Municipal, diante o não envio dos comprovantes de publicação do Relatório de Gestão Fiscal, (...);
(...)


Ora, nosso estimado vereador Gilvan “lascou-se”. Acreditamos até que não cometeu as irregularidades por desonestidade, mas sim por desinformação. Mas terá que pagar caro pelo erro. É o erro que a vereadora Edith não quer (e não deve) cometer. Se a Lei manda reduzir os salários dos vereadores, pois o aumento outrora concedido foi ilegal, os salários devem ser reduzidos e fim de papo. É assim que deve ser a administração pública: rigidamente dentro da Lei.

Doa a quem doer, lei não se questiona, se obedece!

28/09/2011 - 13h29min
ampliar Câmara Municipal Câmara Municipal

O Poder Legislativo Municipal de Agricolândia reuniu-se nesta última sexta feira na Câmara Municipal de Agricolândia. A sessão iniciou sobre o comando da Presidente Edith Alencar e as presenças dos vereadores Manoel Roseno, Braga, Gilvan, PC, Nilo e Luzete.


Em pauta a discussão sobre os problemas internos da Câmara, principalmente da imensa divida junto INSS e os salários dos vereadores, que podem ter seus valores reduzidos, fato que tem deixado alguns vereadores extremamente descontentes.


Segundo informação que obtivemos, é grave a situação financeira da Câmara Municipal.


O valor do repasse do Executivo à Câmara Municipal é de cerca de R$ 24.000,00 mensais, sendo esta a única receita do órgão. Por lei, o valor dos gastos com o INSS, funcionários e vereadores deve totalizar, no máximo, 70% deste valor, o que dá R$ 16.800,00. De resto, é só matemática (na verdade simples aritmética). Cerca de R$ 6.800,00 é gasto com o INSS, entre parcelamento de uma dívida anterior que soma aproximadamente 150 mil reais (parcelas de R$ 2.000,00) e a cota patronal (R$ 4.800,00). Temos ainda os funcionários e a sobra, no final da conta, cerca de R$ 10.000,00 para dividir entre os vereadores, sendo que a Presidente recebe 50% de bonificação. Resumo da ópera: o salário dos vereadores passará a ser, por força de Lei, para cerca de R$ 1.000,00 por mês.


Os 30% restantes, são empregados no pagamento da manutenção do prédio, advogado, contadora, Diário Oficial, AVEP e demais despesas corriqueiras.


A situação caótica, que levará a redução dos salários dos vereadores, tem origem nas administrações desastradas dos ex-presidentes da Câmara, e, segundo constatamos, particularmente a do vereador Nilo, que não publicou a lei do aumento dos subsídios dos vereadores de 2008, ato que repercutiu  na admonistração do vereador Gilvan, sendo ambos comdenados em primeira instância, a devolverem R$ 74.000,00 (Gilvan) e Nilo (quase 20.000,00) aos cofres públicos.


A vereadora Edith Alencar, presidente da Câmara, já mandou um recado a todos os vereadores e munícipes: vai cumprir rigorosamente a Lei e o que determina o Tribunal de Contas, devidamente assessorada pela contadora e pelo advogado.


A farra com desperdício de dinheiro do povo acabou!


A vereadora ainda fez um apelo a todos os moradores de Agricolândia: “Gostaria que o povo de Agricolândia freqüentasse as sessões e testemunhassem quais são os vereadores que trabalham pela cidade de Agricolândia e quais aqueles que vão às Sessões totalmente embriagados!”

Desorganização muito grande no festejo da comunidade Buraco Dágua

28/09/2011 - 11h46min
ampliar Desorganização muito grande no festejo da comunidade Buraco Dágua Desorganização muito grande no festejo da comunidade Buraco Dágua


A desorganização é muito grande com relação ao festejo do Povoado Buraco D’Água, pois a cúpula desorganizada não contratou nenhuma banda até o presente momento, faltando apenas três dias para o encerramento do festejo, nada foi feito pela comunidade, os barraqueiros estão todos desanimados, pois nada foi feito para atrair a população até a comunidade. Comparando com as demais comunidades podemos notar que todas essas tinham sim suas bandas já contratas e anunciadas muito antes do encerramento, e porque na Comunidade Buraco D’água é diferente?  


A população da Comunidade Buraco D’água lamenta muito por este ano ter um dos piores festejos da comunidade, e pergunta ao Prefeito João de Deus que o mesmo explique o motivo, a população sofre com essa má administração.


O Prefeito João de Deus, não consegue mesmo fazer com que a máquina funcione de forma positiva. O bate cabeça é grande na sua gestão. Lamentável.Eu estou falando é porque posso falar.


Por Mauricio Alves




O fim está próximo?

28/09/2011 - 09h33min
ampliar vamos cooperar com o meio ambiente! vamos cooperar com o meio ambiente!

O processo de cassação do Prefeito João de Deus, que já foi condenado em primeira instância, está desde o dia 26/setembro na mesa da relatora do processo, Desembargadora Rosimar Leite Carneiro, para julgamento. Caso condenado, João de Deus será imediatamente deposto (assumindo a viceprefeita Rosângela) e ficará inelegível por entre 3 e 8 anos, dependendo da sentença prolatada. Caberá recurso, que poderá ter caráter suspensivo (o prefeito cassado reassume o cargo enquanto o recurso é julgado) ou devolutivo (o prefeito vestirá seu pijaminha e aguardará em casa o resultado).


Acompanhe o processo no link abaixo:
http://www.tjpi.jus.br/e-tjpi/consulta_processo.php?num_processo_consulta=201100010025067&consulta=s

Agricolandianews. é referência mais uma vez!

28/09/2011 - 09h24min
ampliar Edição de hoje do GP1 Edição de hoje do GP1

Mais uma vez o agricolandianews.com é citado como fonte em notícias vinculadas na grande imprensa. Creditamos mais esta citação à credibilidade conquistada por nós, graças a nossa equipe de editores e redatores. Seriedade reconhecida e citada por quem entende de informação.

Horta comunitária com nova irrigação (finalmente)

27/09/2011 - 11h01min
ampliar Improvisações em todo o conjunto hidráulico Improvisações em todo o conjunto hidráulico

Visitando a horta comunitária ontem, constatamos que o sistema de irrigação está, finalmente, em funcionamento. Porém, observamos também que:


1) A rede de distribuição continua a mesma, ou seja, repleta de vazamentos. A tubulação nova limita-se a ligar a bomba à caixa e esta ao início da rede, próximo ao portão de entrada. Assim sendo, saímos do fogo e caímos na frigideira: os vazamentos desperdiçam água que precisa ser bombeada novamente, aumentando o consumo de energia elétrica que deve ser pago pela Prefeitura (por nós). Lembramos que a água foi cortada por falta de pagamento. Não queremos ver a energia elétrica suprimida pelo mesmo motivo;


2) Alguns horticultores retiram as torneiras para aumentar a velocidade de enchimento das cacimbas individuais. Estas transbordam e mais desperdício;


3) Não há controle automático de nível da caixa, sendo necessário o acionamento manual da bomba. Por vezes a água acaba e não há quem ligue a bomba; por vezes a bomba fica ligada e a caixa transborda;


4) O conjunto bomba-poço-chave elétrica está ao tempo, sem proteção, permitindo o acesso que qualquer pessoa, inclusive crianças. Há a necessidade de confinar todo o equipamento;


5) Os usuários não foram orientados para o uso racional da água, observando-se desperdícios e cacimbas transbordando;


6) É visível a improvisação da obra: canos de tipos e dimensões divergentes, amarrados com arame, base da caixa sem proteção contra infiltrações, poço sem tamponamento, rede elétrica exposta, falta de conexões removíveis (uniões) e outros mais técnicos.


A obra é importante e a Prefeitura está de parabéns pela iniciativa. Mas falta o acabamento para não termos problemas futuros.


As Lojas Riachuelo já confirmaram a remessa de um grande lote de uma peça de vestuário masculino (que não vamos citar qual para evitar polêmicas) para a nova inauguração.


 

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Justiça Federal realiza mutirões

27/09/2011 - 08h42min
ampliar Justiça lenta = impunidade Justiça lenta = impunidade

Entre os dias 12 e 16 de setembro aconteceu o II Mutirão de Audiências da 6ª Vara Federal (Juizado Especial), em mais uma iniciativa do Juiz Federal Sandro Helano Soares Santiago. O esforço concentrado praticamente eliminou seu estoque de processos previdenciários que iniciaram a tramitação em 2009 e ainda pendentes de audiência, à exceção apenas dos autos que se encontravam aguardando providências diversas, como por exemplo, cálculos judiciais e perícia médica. Foram agendadas 653 audiências e, desse total, realizadas 542. Ao todo, foram celebrados 417 acordos, o que corresponde a quase 80% das audiências realizadas, gerando a expressiva quantia de R$ 1.866.622,98 em pagamento de valores atrasados reconhecidos pelo INSS. O magistrado agora analisa os processos de 2010 na mesma situação e pretende realizar sucessivos mutirões até atingir a meta de imprimir em seus processos o tempo máximo de 180 dias entre o ajuizamento da ação e a realização da audiência. Esperamos que esta iniciativa seja seguida pelos demais magistrados dos Juizados Especiais, pois muitos idosos chegam a falecer antes de conseguirem sua aposentadoria. 
A 7ª Vara Federal, outra pertencente aos Juizados Especiais, realizará entre os dias 17 e 28 de outubro semelhante mutirão, por iniciativa dos Juízes Federais Dr. Geraldo Magela e Silva Meneses e Dr. José Gutemberg de Barros Filho. Na ocasião serão realizadas 900 audiências, todas de processos iniciados em 2009 e sem providências pendentes.

Equipe faz reparos na iluminação pública da Comunidade Buraco Dágua

27/09/2011 - 08h21min
ampliar Pedido atendido Pedido atendido


“Falta de iluminação” ontem foi matéria aqui no agricolandianews.com e logo depois da solicitação dos moradores de Buraco D’água em relação  ao reparo na iluminação publica do povoado, ontem dia 26 de setembro o nosso pedido foi executado, dois profissionais da área passaram todo o dia de ontem fazendo ajustes, trocando lâmpadas, e itens que proporcionassem a iluminação eficaz. os moradores do povoado Buraco D’água agradecem.


 


Por Mauricio Alves (86) 9952-9851




Rally de Motos,Trio Elétrico,Diogo Sacana e André Santana animou Agricolândia

26/09/2011 - 07h57min
ampliar Rally de Motos,Trio Elétrico,Diogo Sacana e André Santana animou Agricolândia Rally de Motos,Trio Elétrico,Diogo Sacana e André Santana animou Agricolândia

 


Aconteceu ontem o III Rally de Motos do Povoado Buraco D’água em Agricolândia, este ano o rally contou com a participação de muitos motoqueiros, o evento que se iniciou as 15:00 horas da tarde atraiu centenas de pessoas a localidade, que presenciaram este magnífico rally.


A noite a população curtiu muito ao som do Trio Elétrico Nem Motos, Diogo Sacana e André Santana animou a galera de Agricolândia e visitantes.


 


Por Mauricio Alves


 

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

População do Povoado Buraco Dágua pedi reparos na iluminação pública

26/09/2011 - 07h55min
ampliar População do Povoado Buraco Dágua pedi reparos na iluminação pública População do Povoado Buraco Dágua pedi reparos na iluminação pública


A iluminação publica da localidade Buraco D’água esta precária, pois muitas lâmpadas  dos postes da avenida esta totalmente apagado, o ultimo reparo geral nos postes da localidade Buraco D’água foi em setembro de 2008, e de lá pra cá muitas lâmpadas queimaram e diversos outros fatores que ocasionaram a escuridão da localidade, começou os festejos e seria viável que este reparo seja executado, pois o numero de pessoas que visitam a localidade é muito e passa a impressão para elas que estamos no abandono.


 


Por Mauricio Alves




Lixo as margens de Avenida em Agricolândia está crescendo ainda mais

26/09/2011 - 07h53min
ampliar Lixo as margens de Avenida em Agricolândia está crescendo ainda mais Lixo as margens de Avenida em Agricolândia está crescendo ainda mais


A cada dia que passa o lixo que está sendo depositado nas margens da avenida, próximo ao cemitério esta crescendo,é muito lixo e a falta de higiene e responsabilidade com o meio ambiente de algumas pessoas e de comerciantes principalmente, que estão depositando lixo doméstico,comercial, restos de alimento, plástico, roupas, calçados, vasos sanitário, colchão Nas margens da Avenida Hugo Napoleão em sentido a Buraco D’água, nota-se o grande numero de lixos jogados nas margens da avenida, todos esses lixos são jogados por moradores de Agricolândia, mais da metade deles são jogados a mandato de um comerciante, que mandam seu funcionário jogar os lixos de seus comércios no lixão, e alguns desses funcionários incompetentes e preguiçosos jogam esses lixos na beira do asfalto. Pedimos encarecidamente aos moradores e comerciantes de Agricolândia que respeitem o meio ambiente, e não joguem mais lixo na avenida, pois esta mesma avenida é ponto de concentração de pessoas que praticam caminhadas todos os dias a tarde.


Pedimos encarecidamente ao Senhor Prefeito João de Deus que sejam tomadas as  providencias para o mesmo autorizar o caminhão e colocar os trabalhadores para recolher estes lixos e logo após  colocar placas coibindo este ato.


Por Mauricio Alves




Indefinição no TSE interfere nas eleições do próximo ano

26/09/2011 - 07h28min
ampliar Hugo Napoleão, um dos que aguardam a definição do TSE Hugo Napoleão, um dos que aguardam a definição do TSE

Ao adiar para esta terça (27) o julgamento do pedido de registro do PSD, o TSE fez correr um frêmito de apreensão nas “fileiras” do novo partido de Gilberto Kassab. Um dos deputados federais que aguardam a decisão da Justiça Eleitoral disse: “A situação é de pânico”.


O deputado apavorado encontra-se com a mala acomodada na porta de saída do DEM. Orientou o grupo que segue sua liderança no Estado –prefeitos, vereadores e deputados estaduais— a fazer o mesmo. Recebera dos mandachuvas do PSD avaliações otimistas. Dava-se de barato que o TSE aprovaria o registro da nova legenda na quinta-feira (22) passada. Deu chabu. Durante o final de semana, os partidários do PSD destilaram apreensão numa frenética troca de telefonemas. Alguns já receiam que a atmosfera de “incerteza jurídica” faça murchar os quadros da nova legenda.


Em meio a um debate sobre a legitimidade das assinaturas de apoiadores amealhadas pelo PSD, o ministro Marcelo Ribeiro pediu vista do processo, adiando a deliberação. Ninguém duvida que o PSD será criado. O que leva à inquietação é o correr do relógio.


Para que o novo partido possa disputar as eleições municipais de 2012, o registro do TSE tem de sair até 7 de outubro. Supondo-se que o tribunal sorria para o PSD na sessão desta terça, os candidatos da nova legenda teriam dez dias para formalizar a filiação.


O problema é que a encrenca pode não se esgotar no TSE: autor de um dos pedidos de impugnação protocolados contra o PSD, o DEM federal já decidiu que, derrotado no TSE, recorrerá ao STF. O eventual recurso ao Supremo não teria o condão de evitar o início do processo de filiações ao PSD. Porém, o recurso acomodaria os novos filiados numa zona de desconforto. Uma futura sentença adversa do STF geraria inevitáveis pedidos de impugnação de candidaturas.


Pela lei, as filiações só podem ocorrer após a obtenção do registro no TSE. Por isso, os políticos migrantes permanecem ligados às velhas legendas.


Por todas as razões, o PSD tornou-se uma opção de risco. Na hipótese de obter o registro nesta terça, o risco diminui. Mas não desaparece. Daí o “pânico”.


Em Agricolândia, um fortíssimo grupo que apóia um eventual candidato ao Executivo local, aguarda ansioso a orientação das lideranças para definir suas filiações e estratégia para as próximas eleições. Qualquer que seja o resultado no TSE, já tem festa marcada para breve.


Texto original de Josias de Sousa da Folha de São Paulo, adaptado pela redação do agricolândianews.com.

EnqueteVocê é a favor ou contra da Lei da Ficha Limpa para nosso municipio. Vote SIM P/ a favor e NÃO P/ contra.

Auditado por Google Analytics