Seu navegador não suporta Javascript.

Notícia Destaque: Concurso Publico Sob Suspeita de Fraude

20/03/2018- 14h04min
ampliar Concurso Publico Sob Suspeita de Fraude Concurso Publico Sob Suspeita de Fraude

Mas um ato duvidoso (para sermos educados) do Secretário de Educação do município de Agricolândia: a Vereadora, Professora e Assistente Social EDITH RIBEIRO há muito vinha cobra...
Leia a matéria completa



A nossa Boate Kiss

21/08/2015 - 08h10min
ampliar A nossa Boate Kiss A nossa Boate Kiss

Este artigo iria relatar minha última estadia no Hospital da Unimed em Teresina. Desastrosa. Para resumir, recebi alta médica as 9 h da manhã, mas somente consegui deixar o prédio às 3 da tarde. Explico: o médico realizou sua avaliação matinal, optou pela alta, prontamente a enfermeira desconectou toda aquela parafernália a qual eu estava conectado (monitores, soro, drenos, sondas e dosadores de medicamentos), refez com eficiência o extenso curativo em minha perna, entregou-me o cartão de alta e desejou-me “boa recuperação”. Finalmente, pediu para que eu aguardasse alguns minutos que o “pessoal da maca” viria buscar-me (não haveria outra forma de eu ser removido, não sendo de maca ou no mínimo por uma cadeira de rodas).

Alguns minutos depois ela retorna, pedindo educadamente que eu aguarde “um tempinho”, pois o único elevador do prédio estaria “em manutenção” e não haveria como eu ser removido daquele pavimento.

Senão, vejamos: um edifício de atendimento ao público, público este predominantemente enfermo e com dificuldades de locomoção, com diversos pavimentos, e com somente um elevador para macas e cadeiras de rodas. Sem rampas ou qualquer outro acesso.

Primeiramente, somente posso supor que este único elevador serve para transportar todos os enfermos, profissionais de saúde, pessoal de limpeza, lixo hospitalar, alimentação para os pacientes, dejetos orgânicos e inorgânicos, material de limpeza, manutenção, enfim, tudo, inclusive os corpos daqueles que tiveram menor sorte no atendimento. Tudo no mesmo veículo, no mesmo espaço.

Não vamos aqui pensar da tragédia que seria algo como, por exemplo, um incêndio, mesmo que de pequenas proporções. Como seriam removidos os pacientes dos pavimentos superiores? Ou, sendo menos trágico, um interno tem uma súbita recaída pós operatória e precisa ser atendido imediatamente no centro cirúrgico (que fica no térreo). E o único elevador está com defeito. Vai voando, já treinando para a eternidade?

Como o Corpo de Bombeiros autoriza o funcionamento de um estabelecimento daquele porte, com aquela arquitetura e com aquela finalidade, tendo uma única, velha e precária rota de acesso? Depois acontece uma tragédia e vamos ver um coronel qualquer se desmanchando em desculpas na TV, culpando a falta de pessoal e equipamentos na corporação. Uma tragédia anunciada.

Como estava dizendo no começo, resolvi não falar sobre isto neste espaço, pois pode ser que algum colega da repartição, que esteja precisando receber horas extras em atraso, resolva apresentar uma denúncia aos meus superiores, alegando que eu estaria usando a figura de um hospital para criticar metaforicamente o prédio onde trabalhamos. Certamente, outro colega que precise de licença para fazer palestras ou almeje algum cargo de supervisão, irá se candidatar para compor a comissão processante. É melhor não tocar no assunto.

Vamos falar sobre outra tragédia anunciada.

O Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato é o mais moderno do interior do nordeste. Sua pista principal, com 1.650 metros, comporta o pouso e a decolagem de aeronaves de grande porte. Com um custo estimado de R$ 20 milhões (não inclusa a parte do PT e seus colaboradores), demorou quase 18 anos para ser concluído. Mas agora, segundo leio no blog de Ricardo Moura Fé, terá início os voos regulares para lá: um voo semanal, partindo de Teresina com escala em Floriano, operado pela empresa Piquiatuba Air Lines.

Não é piada não. Tá aqui do lado, no próprio GP1. Um aeroporto internacional, ultra moderno, construído durante 18 anos a um custo de mais de R$ 20 milhões, tendo como única operadora a conhecidíssima e conceituada Piquiatuba. Fui pesquisar na internet se a empresa existe mesmo. Parece que sim. Embora em todo o site não possua qualquer referência ao equipamento (aeronaves) que opera. E quantas possui.

Tentei ainda marcar uma passagem de qualquer lugar para qualquer destino eventualmente atendido pela companhia: são dez cidades ao total, incluindo Teresina. Em qualquer dia e qualquer horário o resultado era o mesmo – indisponível. Só havia disponibilidade para um destino: Porto de Trombetas, que imagino ser uma metáfora para o além. Obrigado, vou a pé mesmo. Atualmente nem assim: vou de cadeira de rodas. E se estiver internado no Unimed não vou de jeito nenhum, pois o elevador está pifado.

Imagino um turista, nacional ou importado, a caminho para visitar a Serra da Capivara (patrimônio cultural da humanidade, diga-se de passagem), aguardando no Aeroporto  Internacional de Brasília rumo ao Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato, ouvindo a chamada pelo sistema de som: “Atenção senhores passageiros do voo Gol 1458, com destino a São Luis, Teresina e Fortaleza, com conexão no Aeroporto Pinto Martins para São Raimundo Nonato pela Piquiatuba Air Lines  (risos), portadores de bilhetes negros, digo, afro descendentes, embarque imediato e Adeus!”.

Com licença que eu quero descer! Nem que seja pelas escadas!

*Arthur Teixeira Júnior é colaborador





TV NEWS - VÍDEOS


   

Ver todos os vídeos

Habemus Cunha

12/08/2015 - 11h53min
ampliar Habemus Cunha Habemus Cunha

Um dos médicos que cuida das fraturas que tive na perna aconselhou-me a procurar um especialista no Rio de Janeiro. A justificativa é simplória: os ortopedistas e traumatologistas cariocas tornaram-se experts em fraturas múltiplas, extensas e complexas, pois graças aos constantes confrontos armados por aquelas bandas, com a utilização de armamento pesado, tornou-se corriqueiro traumatismos ósseos de elevada gravidade. Inclusive, salientou ainda, estes profissionais estão sendo contratados por exércitos beligerantes no Oriente Médio, onde ministram treinamento especializado aos médicos locais. Mais um item na pauta de exportações tecnológicas brasileiras.

Aqui de Teresina poderíamos exportar para a Inglaterra os motoristas e muitos instrutores de auto escolas. Pelo menos, dirigir pela esquerda eles já sabem. Em um mês, a gloriosa Polícia Britânica, famosa por combater a criminalidade desarmada, estará utilizando tanques de guerra para controlar o trânsito de Londres.

Por falar em tecnologia, fui pesquisar sobre o porquê deste teclado que utilizo para redigir estas tão odiadas crônicas (odiadas pelo menos em um luxuoso prédio da zona sul de Teresina) não possui as teclas em ordem alfabética, como seria de se esperar. Pois fiquei sabendo que esta configuração remonta do início do século passado, quando um tal de “Scholes” inventou a máquina de escrever. Quando utilizadas eficazmente por algum hábil datilógrafo, as hastes que imprimiam as letras no papel se amontoavam, travando o equipamento. Ao invés de aperfeiçoar o mecanismo, o tal inventor piorou o teclado, embaralhando as letras e colocando, por exemplo, a muito utilizada letra “A” para ser acionada com o incompetente dedo mindinho da mão esquerda (conhecido como dedo Lula).

Datilógrafo. Faz tempo que não empregava esta palavra. E pensar que há poucos anos atrás colocava orgulhosamente o curso de datilografia em meu currículo. Hoje seria motivo de gozação... Pois no meu primeiro currículo, além do curso de datilografia, continha o curso de latim. Não sei quem é mais velho, eu ou o latim... Mas serve para alguma coisa: datilógrafo = datil + grafo, datil vem do latim dactylus (dedo). Portanto, datilógrafo seria “aquele que escreve com o dedo”. Hoje não se usa mais, preferindo-se “digitador” que quer dizer a mesma coisa, pois dígito vem do latim digitus que nada mais é do que dedo. “Opinião” também é cultura! (mesmo que inútil).

Mudando de assunto. Tomara que nem Dilma e nem o PT façam outro pronunciamento em rede nacional. Não tenho mais nenhuma panela utilizável em casa. Na última propaganda partidária do PT, Iris, minha fiel e mal humorada secretária, destruiu as duas últimas que ainda restavam em nosso armário. Agora, cozinho arroz em uma lata vazia de leite Ninho. É o cúmulo da crise.

Sugiro que a partir dos protestos marcados para o próximo dia 16, adotemos outros tipos de manifestações de repúdio durante os pronunciamentos. Por exemplo, ao invés de bater panelas vazias nas sacadas dos prédios, mostremos o traseiro desnudo. Não haverá governo que se mantenha no poder após minha querida sogra balançar suas pelancas de retaguarda pela janela do 6º andar em pleno bairro da Zona Leste.

Por falar no PT... Em meu tempo de agitação estudantil (faz tempo...), era sinal de “status” ser um militante que já teria sido preso pelas forças repressoras. Nem que fosse por uma única tarde. O militante que já tivesse passado pelos porões da ditadura (na verdade, mesmo numa sala de espera na delegacia do bairro) era visto pelos demais como um combativo e valoroso companheiro de luta. Mas agora, avacalhou geral: José Dirceu, por exemplo, já passou mais tempo preso sob a ditadura do PT do que sob a ditadura dos militares. Uma esculhambação ideológica.

Um diretor da empreiteira OAS entrou com requerimento na ANAC solicitando os respectivos créditos da “milhagem” nos voos que fez no avião da Polícia Federal. Deverá ser criado o Cartão de Fidelidade Lava Jato Plus. A partir de certa milhagem, o detento deverá ter o bônus do banho de sol diário, vaso sanitário com tampa acolchoada e talheres exclusivos.

O Aeroporto Afonso Pena, de Curitiba, foi eleito como o mais bem avaliado pelos passageiros que utilizam o transporte aéreo no Brasil, segundo pesquisa feita pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (SAC), divulgada na semana passada. Mais uma vitória do Juiz Sérgio Moro.

Já estão tentando arrumar um novo empreguinho para a Dilma. Cunha sugere que seja ajeitada como motorista da UBER em São Paulo. Os taxistas de lá acabam com ela rapidinho. Ou então controladora de voo no Aeroporto de Brasília: com sua reconhecida competência, após o primeiro dia não sobra nem avião de traficante voando no Brasil.

Para terminar, já que falei em conflito no oriente médio e na ilustre figura do presidente da Câmera Federal, o Estado Islâmico quer contratar sua consultoria, pois, como está fora de moda homem bomba, carro bomba, e outros, querem a tecnologia para implantarem a pauta bomba!

Não chorem por mim: dia 6 de novembro eu volto!

*Arthur Teixeira Júnior é colaborador





Competência coragem e responsabilidade na sua gestão como Presidente da Câmara

12/08/2015 - 10h42min
ampliar Competência coragem e responsabilidade na sua gestão como Presidente da Câmara Competência coragem e responsabilidade na sua gestão como Presidente da Câmara

Ontem dia 11/08 o TCE-PI, julgou várias prestações de conta referente ao ano de 2012, tanto das prefeituras como das câmaras municipais, dentre elas foi julgado a prestação de conta da câmara municipal de Agricolândia, onde a gestora da época era a vereadora Edith Alencar. Para infelicidade de alguns vereadores da época a prestação de conta da Câmara foi aprovada por UNANIMIDADE e sem ressalvas, pois eles torciam pelo pior.


Bom, relembrando um pouco da história vivenciada pela vereadora Edith naquele momento de gestora. A mesma diz ter sido perseguida durante toda sua gestão, que foi por um período de dois anos. Perseguição essa, que partiu de seis vereadores inconformados com sua postura ética, pois eles foram informados anteriormente que em outras gestões existia caixa dois na câmara e, de que muitos vereadores eram beneficiados com os recursos desviados; esperavam que a vereadora Edith fosse ter a mesma postura e fazer farras de diárias como já era de costume de legislaturas anteriores.


Mas, a partir do momento que a vereadora assumiu a presidência da Câmara ela descobriu de imediato muitas irregularidades nas finanças da câmara, desde o repasse a má aplicação do dinheiro público, constatou que quase todos os vereadores fizeram empréstimos consignados e que não havia nenhum desconto no contracheque, viu que eles continuavam recebendo integral, ou seja, a câmara era quem pagava o valor do empréstimo. A vereadora descobriu também que os vereadores estavam recebendo seus subsídios sem nenhuma lei que o amparasse legalmente, então foi preciso adequar o subsídio ( salário )  a lei anterior, pois era a que tinha vigência para o TCE.  Com essa atitude, todos os vereadores passaram a receber a menor, inclusive a vereadora Edith, ou seja, ela cortou na própria carne. A vereadora também comprovou que existia farras de diárias ao analisar as prestações contas no TCE, pois nada, nenhuma irregularidade encontraria se analisasse apenas as que haviam na câmara, pois estas encontravam-se capadas, ou seja, só ficavam nas prestações de contas arquivadas na câmara documentos simples que não comprometiam o gestor.


Pois bem, essa atitude da vereadora deixou grande insatisfação a seis vereadores, e os mesmos resolveram espalhar mentiras contra a vereadora Edith Alencar, através de cartazes distribuídos nas ruas, de divulgações nas mídias locais e sites diversos. A pressão foi tanta contra a vereadora que deixou até a tesoureira da época insegura, e  a mesma pediu exoneração. Dos nove vereadores da câmara, a vereadora Edith permaneceu sozinha, mas de cabeça erguida, pois sabia que estava agindo correto e dentro da Lei.


A vereadora de imediato, agradece a todos aqueles que em nenhum momento duvidaram de sua postura ética, agradece ao trabalho ético profissional do advogado da câmara na época, Dr. Tiago Sá, o qual se colocou sempre a disposição de todos e principalmente dos vereadores analfabetos que queriam passar por cima da Lei, o advogado Dr Tiago em vários momentos explicou a aqueles iletrados, porque e para que se criam normas, regras e Leis, explicou que elas são elaboradas para serem cumpridas e não questionadas, porém o trabalho do Dr Tiago naquele momento parasse ter sido em vão, em nenhum momento observou entendimentos dos analfas. Agradece ao contador da câmara na época Dr Roosevelt Figueiredo que muito trabalhou para poder corrigir os erros graves deixados pela ex contadora iletrada, comprova-se sua incompetência, nas reprovações feitas pelo TCE-PI as contas das  prefeituras onde a mesma presta seu péssimo serviço. Temos como exemplo mas recente, o caso da prestação de conta da prefeitura de Agricolândia do ano de 2012, que foi julgada e reprovada com grandes índices de fraudes.  Agradece ao seu esposo Claúdio em que esteve ao seu lado em todos os momentos lhe dando força e apoio, e em memória ela agradece a seu pai “Chicão” que nunca deixou de acreditar em sua superação. “Se um dia eu lancei meu nome para representar o povo no legislativo do meu município, é porque eu sabia, eu sei que tenho um nome a zelar, não é porque sou política que vou deixar denegrirem a minha imagem de qualquer jeito, sem que tenha feito algo errado, deixar manchar o meu nome como se fosse algo que não tem importância, sou política e aprendi a fazer política e não politicagem. Assim também foi quando lancei meu nome para presidência da câmara, sabia que eu tinha ética, conhecimento e profissionalismo e que a câmara iria estar muito bem representada por mim. Então não é qualquer um, qualquer grupo de pessoas que iriam manchar o meu nome, o meu sobrenome. Podem até tentar como já tentaram, mas eu vou defender aquilo que eu tenho de muito valioso, sagrado que é o meu nome: EDITH RIBEIRO ALENCAR”. Disse a vereadora.





Monsenhor Gil define pré-candidatos a prefeito e vice para as próximas eleições

06/08/2015 - 23h33min
ampliar Monsenhor Gil define pré-candidatos a prefeito e vice para as próximas eleições Monsenhor Gil define pré-candidatos a prefeito e vice para as próximas eleições

Como parte da natural efervescência política destes dias ou meses que antecedem o final dos prazos limites para que possíveis pré-candidatos prepararem os caminhos tendo em vista concorrer às eleições do próximo ano, lideranças políticas de Monsenhor Gil, definiram como pré-candidatos a prefeito e vice, Evandro Abreu e Maylson Santos , respectivamente.

Evandro Abreu é médico e atual vice-prefeito do município e Maylson Santos é o vereador presidente da Câmara.

O grupo político encabeçado pelos dois jovens já detém a maior bancada da Câmara, sendo que integram o grupo os vereadores eleitos Joelma Ribeiro (a mais votada do município), vereador Eder, vereador Lucimar Bispo, além de vários suplentes bem votados como Missiinha da Varjota, Antônio Veado, Zezinho da Canafístula, Gonçala, dentre outros.

Os jovens pré-candidatos têm grande penetração, não apenas por parte da juventude, bem como em todas as camadas da população e dessa forma, vêm contabilizando seguidas adesões e diversas manifestações de simpatia e apoio de parte também de várias lideranças políticas locais, como o ex-prefeito Paulo Roberto e o jornalista Tony Trindade.


Fonte:gp1.com

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):





Agricolandense é Homenagiado

06/08/2015 - 22h58min
ampliar Agricolandense é Homenagiado Agricolandense é Homenagiado

O Procurador de Justiça Dr.  Luís Francisco Ribeiro foi agraciado, no último dia 30/07, com a medalha do Mérito Policial Militar, a mais alta Comenda da Polícia Militar do Piauí, pelos relevantes serviços prestados à sociedade piauiense.


A solenidade foi presidida pelo Comandante Geral da Polícia Militar - Coronel Carlos Augusto Gomes de Sousa -, tendo sida prestigiada por inúmeros oficiais da Corporação e outras autoridades. Ao final, o homenageado agradeceu a comenda recebida, enfatizando seu profundo respeito e admiração pela Polícia Militar do Piauí.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Teje Preso

29/07/2015 - 17h42min
ampliar Teje Preso Teje Preso

Os jovens, e grande parte dos adultos, não viveram, ou pelo menos não sofreram na pele, as agruras dos anos 80 quando vivíamos no Brasil a hiper inflação.

Lembro-me que recebia meu salário dia 10 de cada mês e, neste dia, eu não ia ao emprego antes do meio dia: amanhecia na porta do extinto Banespa para sacar os proventos integralmente e correr para o supermercado mais próximo (o Eldorado, em São Paulo). O objetivo era comprar o maior número de produtos antes que os preços fossem remarcados. A “compra do mês”. Naqueles tempos, fazia muita diferença o dia e a hora que você ia às compras, pois os preços subiam mais de uma vez por dia.

Alguns fatos tornaram-se folclóricos. Você via o preço de um produto em um mercado, depois ia a outro verificar o preço do mesmo produto e constatava que estava mais caro; voltava no primeiro mercado, tudo no mesmo dia, e via que o preço já havia sido reajustado acima do preço do segundo mercado pesquisado. Outro caso: você encontrava em uma pequena mercearia um produto com o preço que lhe interessava. Não podia mostrar grande interesse ou elogiar o preço, nem mesmo tentar comprar uma grande quantidade do produto, pois o comerciante, desconfiado, recusava-se a fazer a venda. Preferia ficar com o produto a ter em mãos o papel moeda.

Todos viraram hábeis aplicadores financeiros. Quem conseguia manter algum saldo bancário (mesmo que centavos), a tardezinha obrigatoriamente telefonava para o gerente do banco e mandava aplicar no “Over Night”. Se esquecesse, seu dinheiro virava pó durante a noite (em verdade, o dinheiro do ”Over Night” virou pó na edição do “Plano Collor”. Hoje “Over Night” é nome de motel barato). Vivíamos no império do cheque pré-datado. Dávamos um “voador” (como era chamado) em qualquer lugar e em qualquer valor que fosse possível. Enquanto o cheque voava de mão em mão pelo prazo acordado, aplicávamos o dinheiro e ganhávamos uns trocados. E assim vivíamos. Ou melhor, sobrevivíamos.

Todas as famílias tinham em suas casas um armário ou até mesmo um quartinho onde estocavam os produtos de primeira necessidade adquiridos em grande quantidade quando encontrava-se um preço oportuno e um comerciante disposto a vende-los. Vizinhas trocavam uma lata de óleo (não existia a embalagem PET) por meia dúzia de ovos. Um quilo de arroz por um pacote de café. Quem tinha uma lata de leite em pó, não trocava e nem sequer comentava, com medo de assalto.

Na época, perdemos a noção do que era caro e o que era barato. O valor das coisas. Era comum empresas que pagavam por semana, mas seus empregados viviam procurando outras que pagassem ao final de cada dia trabalhado.

Hoje começo a reviver naquelas lembranças. O noticiário só traz notícias de aumentos acima da inflação (oficial). O sabão, a cebola, o tomate, a carne, a energia elétrica, a passagem de ônibus, tudo sobe mais do que a inflação. Só a inflação não sobe mais do que a própria inflação. Ah, tem outra coisa que não está subindo mais, mas este espaço não é apropriado para este tipo de comentário.

A situação está tão feia que tive que demitir minha empregada doméstica (Iris, a rainha do mau humor). Pois ela recusou-se a ir embora, alegando que pelo menos aqui tem casa e comida. Estamos inaugurando a auto escravidão.

Observe o semblante da população: está tenso, desconfiado. Sorrisos, somente nas faces dos atores que participam das propagandas oficiais. Acabo de ver uma propaganda governamental sobre o PAC e vi um monte de gente com uniformes de trabalhadores, rindo a toa. Só lá mesmo: trabalhadores empregados e ainda sorrindo. Parece que a Dilma vai incluir a ampliação e a reforma de todas as carceragens da Polícia Federal no PAC. Mais uma vez, o PT agindo em benefício próprio.

Por falar nisso, está ficando maçante este negócio de todo dia a principal manchete dos telejornais é a prisão de um empregado público ou diretor de empreiteira qualquer. Já não sabemos quem está preso e quem está solto. Tem até mandado de prisão para quem já está preso. Ou seja, estão prendendo até detento.

Meu vizinho é pedreiro e trabalhava em uma construtora que está construindo um conjunto habitacional aqui perto. Trabalhava. Pois deixou o emprego alegando que do jeito que estão prendendo gente das construtoras no Brasil, certamente vai acabar nele, pois o pobre sempre acaba ficando com a pior.

A operação Lava Jato estendeu seus braços para o setor energético, com a prisão do ex- presidente da Eletronuclear. Primeiro o Mensalão, depois o Petrolão, agora o Eletrolão. Estão investigando o projeto dos submarinos nucleares. Deverá surgir o “Mergulhão”. O país dos superlativos! Quando chegar ao serviço público (o Publicão) tem gestores que eu conheço que não vão conseguir emprego nem na Odebrecht.

*Arthur Teixeira Júnior é colaborador

Povoado Mangabeira de Estrada Nova

03/07/2015 - 10h02min
ampliar Povoado Mangabeira de Estrada Nova Povoado Mangabeira de Estrada Nova

Nesta manhã de quinta feira 02 de julho de 2015, o prefeito municipal, acompanhado dos vereadores do grupo, de seus secretários e de tantos outros conterrâneos, inaugurou a reforma da estrada que liga o bairro Tamboril ao povoado Mangabeira, essa reforma já era algo reivindicado por moradores do povoado, pois antes da reforma a estrada estava intrafegável. Na oportunidade, um morador do povoado falou que a reforma deixou a estrada igual a um tapete, e que agora para se deslocar até o centro da cidade será em poucos minutos. Ao aproximar do meio dia, o prefeito Walter Alencar, juntamente com todos ali presentes estiveram a honra de almoçar na residência do Sr. Afonso e da Dona Maria Luíza.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

VI Conferencia dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescentes

01/07/2015 - 13h06min
ampliar VI Conferencia dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescentes VI Conferencia dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescentes

Em 30 de junho de 2015, realizou-se no município de Agricolândia a VI Conferência Municipal dos Direitos Humanos da Criança e de Adolescentes.


O evento contou com a presença de representantes do poder executivo, do legislativo, da sociedade civil e principalmente de muitos adolescentes do município.


Na oportunidade a equipe do CRAS, apresentou um relato breve dos avanços conquistados aos direitos da criança e de Adolescentes ao longo dos tempos. Ressaltou o marco histórico com a promulgação da CF de 1988, e principalmente com criação do ECA, Lei nº 8.069 de 13 de julho 1990. Como metas para o Plano Decenal no município, foram apresentadas várias propostas em prol da melhoria dos direitos da Criança e do Adolescente, também foi sugerido uma execução mais efetiva dos direitos já conquistados.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Nota de Falecimento

11/06/2015 - 07h53min
ampliar Nota de Falecimento Nota de Falecimento

É com muito pesar que informamos sobre a morte do nosso grande amigo Chico Bené como era conhecido carinhosamente na cidade, casado com Dona Rosa  faleceu na manhã dessa quinta-feira (11.06) o corpo será levado para cidade de Agricolandia.


A sua morte nos pegou de surpresa. Neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que lhe ilumine e lhe dê paz, e que Deus dê conforto à sua família para que possa enfrentar esta imensurável dor com serenidade.

Deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos.

Rally de Motocross em Agricolandia

10/06/2015 - 11h14min
ampliar Rally de Motocross em Agricolandia Rally de Motocross em Agricolandia

Em um dos eventos das Festividades dos Festejos do Bairro Pitombeira foi marcado com uma grande atração, um Rally de Motocross patrocinado pela Prefeitura de Agricolandia e organizado pelos membros da comunidade junto com o vereador Jocione e apoio do site agricolandianews.com


A atração chamou atenção da população pela competividade, raça e a coragem desses astros da motocross. Representando a cidade de Agricicolandia participou Joãozinho Freire que foi campeão na categoria 150 CC e vice-campeão na 200 CC.


Parabenizamos os organizadores.
Agricolandianews.com o site da verdade e invertindo no esporte amador.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

O Brasil é otimo. Quem não vale nada somos nós

08/06/2015 - 12h14min
ampliar O Brasil é otimo. Quem não vale nada somos nós O Brasil é otimo. Quem não vale nada somos nós

Não havia mais vagas no estacionamento do supermercado. Pudera: vários carros ocupavam duas ou mais vagas simultaneamente.

No bar da piscina da AABB, o cliente da mesa ao lado retira da mochila um poderoso aparelho de som e todos começaram a escutar, compulsoriamente e em altíssimo volume, uma música a qual não consegui identificar o ritmo.

Testemunho, no banheiro masculino do Teatro 4 de Setembro, um espectador urinando ostensivamente nas paredes do sanitário.

Um forte cheiro de fumaça de cigarro impregnava o ambiente naquele restaurante da moda, na zona leste.

Na escolinha frequentada por Breno, meu filho, um pai de aluno estaciona seu veículo diariamente sobre a calçada para desembarcar seu filho, enquanto outro aluno, pasmem, leva sua bicicleta à escola e fica realizando acrobacias no pátio enquanto não começam as aulas.

O problema em nossa sociedade não é a falta de leis, regulamentos ou mesmo orientações. Tampouco falta de polícia ou meios repressivos. Não está em um Judiciário amarrado em Leis ultrapassadas.

É sim falta de educação. Nosso problema não é institucional: é moral!

Aqueles palermas que transgredem regras básicas, simples, geralmente o fazem na companhia dos filhos, imaturos, dando o exemplo que certamente será seguido e ampliado.
A criança cresce vendo os pais ignorarem qualquer regulamento social. Quando jovem, não burlará mais regras, mas sim a própria Lei.

Se posso estacionar em fila dupla, ocupando duas ou mais vagas simultaneamente, se posso furar a fila ou desrespeitar regulamentações estabelecidas, por que não posso apropriar-me daquilo que tenho vontade ou eliminar quem me incomoda? O que é público é de todos, portanto não tem dono, então é meu! É a filosofia dominante nos corruptos e demais bandidos. Filosofia esta assumida desde a tenra infância.

A criança aprende que devemos seguir as regras e Leis somente se nos beneficiam e, quando não, só servem aos outros.

Confesso minha incompetência, pois ignoro qualquer mecanismo ou procedimento que reverta esta situação. Uma mudança na filosofia comportamental adotada hoje, somente trará frutos daqui a uma ou duas gerações. Esta mudança não seria na educação escolar. A escola não tem obrigação de educar, e sim de ensinar. Quem teria esta obrigação de educar seria a família.

Para não deixar de registrar: aqui no Condomínio, correu o boato que haveria morador ou empregado agarrando moradoras (e vice versa) nas escadarias do prédio, desprovidas das eficientíssimas câmeras de vigilância que tudo veem e registram.

Meu consultor, que se vangloria de aqui morar desde criancinha, esclarece que trata-se de um mal entendido: o agarra e pega é consensual. Seria em verdade uma versão genérica da loira de farmácia com altíssimo Q.I. que agarra os meninotes nos elevadores.

*Arthur Teixeira Júnior é colaborador.

Dr Luis Francisco procurador é candidato a PGJ ( Procurador Geral da Justiça )

04/06/2015 - 10h51min
ampliar  Dr Luis Francisco procurador é candidato a PGJ ( Procurador Geral da Justiça ) Dr Luis Francisco procurador é candidato a PGJ ( Procurador Geral da Justiça )

Filho de Agricolandenses Dr Luís Francisco Ribeiro procurador é candidato a PGJ (Procurador Geral da Justiça) do Piauí.


A CANDIDATURA
Há mais de três décadas o Procurador Luís Francisco é membro do Ministério Público e segundo ele, a vasta experiência adquirida ao longo dos anos o credencia a pleitear o cargo mais importante dentro do MP. Com um discurso de muito trabalho, de melhorias e com uma atenção especial ao orçamento, o Procurador acredita que tem muitas chances de figurar na Lista Tríplice e posteriormente escolhido como novo PGJ.


SERIA O FAVORITO?
Candidato da situação, a eleição de Luís Francisco representa a continuidade da gestão de Zélia Saraiva, que foi eleita e reeleita. Um outro resultado pode ser considerado uma derrota para a atual Procuradora Geral. Tanto é favorito que a própria assessoria de Zélia Saraiva divulgou nota afirmando que a procuradora o apoia.


BANDEIRAS IMPORTANTES
Dentre suas propostas apresentadas e que serão detalhadas a seguir em sua entrevista, Luís Francisco destaca o fortalecimento da gestão do GAECO, a criação de um laboratório para analisar a lavagem de dinheiro e o fortalecimento das ações de segurança para os membros do MP. A nomeação de servidores aprovados em concurso também será uma prioridade, ressalta o Procurador.


POR QUE SER PROCURADOR GERAL DE JUSTIÇA?
Sou candidato a Procurador Geral de Justiça porque me sinto munido de todas as credenciais para ocupar este honroso cargo. Há mais de três décadas ingressei no Ministério Público, mais precisamente no dia 03 de novembro de 1983. Em 2011, foi alçado ao cargo de Procurador. Até a semana passada ocupava o cargo de Sub-Procurador Geral de Justiça, que é o segundo cargo mais importante na hierarquia do MP, em síntese, eu acho que reúno os requisitos para ocupar este cargo. Estou trabalhando e conversando com os colegas e meu nome tem sido bem aceito.


CIDADES EM QUE ATUOU?
Minha primeira Promotoria foi a de Porto e de lá sai desbravando todo o Piauí.Ressalte-se que naquela época não tínhamos essa estrutura de hoje. Então, atuei em Barras, Picos, Ipiranga, Itainópolis, Altos e Teresina. Sem contar com promotorias que respondia eventualmente. Nesse período devo dizer que sempre morei onde eu atuava. todos os meus filhos nasceram nas Comarcas onde residia. Aprendi muito, ganhei muita experiência, aprendi o que considero muito importante que é se doar por inteiro ao MP. Foram 11 anos no interior.


MAIORES CARÊNCIAS DO MINISTÉRIO PÚBLICO?
O MP avançou muito nos últimos anos. Até 2009, o MP era tido como um dos piores do Brasil, segundo o Conselho Nacional do Ministério Público. Desta data em diante houve avanço. Mas nós temos consciência que temos deficiências, porque em um estado pobre como o nosso e com orçamento apertado, fica impossível resolver tudo. Nós temos carência na contratação de pessoal, ainda faltam servidores nas promotorias, nos centros de apoio e isso só se resolve com incremento no orçamento; Outra carência é a falta de fortalecimento do GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado); Também temos que avançar no que respeito à falta de assessoria especial de segurança institucional; informática também é uma carência e que vamos desenvolver é claro. São os pontos vulneráveis da administração da Procuradora Zélia Saraiva.


MAIOR DESAFIO SE FOR ELEITO?
O maior desafio nosso é com o orçamento limitado. Creio que todos os candidatos gostariam de apresentar propostas grandiosas, como são os Ministérios Públicos de outros estados. Nosso orçamento é de R$ 165 milhões e 500 mil, quando o ideal seria de R$ 200 milhões, para que pudéssemos implantar tudo o que desejamos, como por exemplo, nomear mais servidores e promotores. Nós vivemos em um estado pobre e temos dificuldades. Mas agradeço ao Poder Legislativo pelo avanço que conseguimos. O desafio é esse, todos nós lutarmos pelo MP, aqui não coloco nem situação nem oposição, mas todos vestindo a camisa do MP.


PRINCIPAIS PROPOSTAS
Fiz um plano de gestão e elenquei as principais propostas para minha gestão caso seja eleito. Destaco aqui o compromisso em nomear os aprovados em concurso; manter todas as conquistas alcançadas pelo MP-PI durante a gestão de Zélia Saraiva; teremos uma gestão participativa, com avanços no quesito novas verbas remuneratórias e indenizatórias, sempre observando a LDO e LRF; implantação de outros auxílios pecuniários; viabilizar o pagamento de gratificação ao Coordenador de Promotorias; trabalho conjunto com a Associação dos Promotores; reajuste para os servidores; ampliar o quadro de promotores e servidores; fortalecer o GAECO, firmando convênios com o Ministério da Justiça, que vai permitir a instalação de um laboratório para analisar a lavagem de dinheiro. Neste sentido, nomear um coordenador exclusivo para o GAECO; ampliar o diálogo entre os centros de apoio do MP; criar a Assessoria Especial de Segurança Institucional, dotando-a de estrutura mínima e com capacidade para gerir os casos de violência contra os servidores; modernizar a gestão com cursos profissionalizantes; adquirir e implantar novas tecnologias para maior celeridade no MP; avançar na área estratégica e de inteligência; instituir a tramitação eletrônica dos procedimentos administrativos; dentre outras ações.


SERÁ POSSÍVEL IMPLEMENTÁ-LAS TENDO EM VISTA O ORÇAMENTO DO MP?
Então, é isso que avalio. Eu li algumas propostas de outros candidatos, também não quero condenar ninguém. Mas vejo que se o candidato tentar implementar aquelas metas não vai conseguir. Todas as minhas metas são realistas. Gostaria até de adicionar mais, mas não fiz porque tenho que ter sintonia com o orçamento, sempre respeitando a Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei de Responsabilidade Fiscal. Tudo o que planejei será possível ser feito com este orçamento e já pensando em um incremento igual ou maior que o de 2015 no próximo ano. Todas estas metas são exequíveis. Todas foram feitas com responsabilidade e pés no chão. Tenho admiração por todos os candidatos, mas acredito que existe proposta fora da realidade de acordo com o orçamento.

Primeira Cavalgada dos Amigos em Agricolandia

28/05/2015 - 08h59min
ampliar Primeira Cavalgada dos Amigos em Agricolandia Primeira Cavalgada dos Amigos em Agricolandia

Primeira Cavalgada amigos de Agricolandia é uma das atrações desse ano dos festejos do bairro Pitombeira, uma organização da Prefeitura Municipal e comunidade do bairro que será feito uma homenagem dois ilustres amigos, Sr. Francisco Alencar (Chicão) e Sr. Chaves Brito.


Será dia 13 de junho, onde a cavalgada sairá do bairro e passeará nas principais avenidas da cidade.


Apoio: agricolandianews.com

Prefeito Walter Alencar visita Deputada Federal Iracema Portela em Brasilia

27/05/2015 - 11h39min
ampliar Prefeito Walter Alencar visita Deputada Federal Iracema Portela em Brasilia Prefeito Walter Alencar visita Deputada Federal Iracema Portela em Brasilia

Prefeitos do Piaui reúnem-se com a Deputada Federal Iracema Portela em Brasilia

A Deputada Federal Iracema Portela (PP) recebeu na tarde de Terça-feira (26) em seu gabinete os Prefeitos do Piauí que estão participando da XVIII Marcha dos Prefeitos em Brasília. Faço questão de estar presente para levar meu apoio, principalmente por conhecer de perto a realidade dos municípios. Declarou a Deputada Federal Iracema Portela.

Em seu gabinete a Deputada fez questão de receber os Prefeitos, Walter Alencar de Agricolândia, Junior Carvalho de Demerval Lobão, Jonas Moura de Água Branca, Manoel Dedé de Lagoinha, Prefeito Pila de Mosenor Gil, Joel e Samara lima de Miguel Leão, Adalberto Filho, Reginaldo Soares, Paulo Martins, Airton Veloso, Adonias Filho, Hélio Rodrigues Presidente da (AMPAR) Associação dos Municípios da Micro Região do Médio Parnaíba e os vereadores Chico da Moto e Vereador Edmilson de Água Branca e Joaquim Neto Secretario da AMPAR.

Segundo a Deputada a Marcha coloca temas importantes a ser discutido como a queda do FPM e as dificuldades financeiras das Prefeituras. Meu Papel como Parlamentar é está ao lado dos Prefeitos, ouvir suas reivindicações e fazer o que estiver ao meu alcance para fortalecer os municípios. Afirma a deputada

Na manhã de hoje (27) Quarta-Feira segue a programação com temas importantes como o Pacto Federativo e o Congresso Nacional, questões Jurídicas de impacto nos municípios, Previdência Social, Judicialização da Saúde, e desafios na gestão municipal da Assistência Social, as discursões terá inicio ás 9hs e enceram ao 12hs com os convidados Renan Calheiros Presidente do Senado Federal, Eduardo Cunha Presidente da Câmara dos Deputados, lideres dos Partidos Politicos e Parlamentares dos Partidos. 

Encerramento dos festejo de Agricolandia foi um show

14/05/2015 - 10h26min
ampliar Encerramento dos festejo de Agricolandia foi um show Encerramento dos festejo de Agricolandia foi um show

No encerramento dos festejo de NS de Fatima em Agricolandia teve como atração Mara Pavanelly na Praça de Eventos com um público de quase 5 Mil segundo comandante GPI de Agricolandia cabo Emiliano, o Show começou quase meia  noite com duas atrações Mara Pavanelly e Diogo Sakana. O Prefeito Walter Alencar aproveitou para agradecer a todos por prestigiar o evento de nossa cidade.

zMAIS FOTOS (Clique na foto para ampliar):

Mais um comerciante é assaltado em Agricolandia

13/05/2015 - 08h05min
ampliar Mais um comerciante é assaltado em Agricolandia Mais um comerciante é assaltado em Agricolandia

O site agricolandianews.com recebeu informação que o comerciante Sr. Antônio Luciano foi assaltado nesse manhã, por voltas da 5hs por quatro bandidos, segundo informações colhida os assaltantes estavam escondidos no quintal de sua casa do e aproveitaram quando o mesmo tinha habito de se acordar cedo, os elementos entraram pelo fundo de sua casa e levaram dinheiro e um cofre com pertence pessoal. As informações que os bandidos andava em um carro Siena branco e uma motocicleta modelo Bross.
A qualquer momento teremos mais informações.

Agricolandesnses serão beneficiados com transporte gratuito

23/04/2015 - 17h26min
ampliar Agricolandesnses serão beneficiados com transporte gratuito Agricolandesnses serão beneficiados com transporte gratuito

Cerca de um milhão e meio de pacientes da região Entre Rios serão beneficiados com o transporte gratuito para procedimentos de consultas e exames. A Secretaria de Estado da Saúde adquiriu 30 micro-ônibus que ficarão a serviço de pessoas em 31 municípios. O transporte será feito para Teresina ou outras cidades mais próximas que sejam referência em atendimento de média e alta complexidade.


"Os usuários do SUS, através de um agendamento, poderão ter acesso a consultas especializadas e procedimentos de média e alta complexidade. Através de um sistema de logística, que vai fazer a gestão do transporte eletivo, os pacientes poderão sair da sua cidade para ter um melhor tratamento. A maior demanda será para Teresina, mas nossa expectativa é que- com essa parceria com os municípios- possamos levar para outros pontos estratégicos desse território ,consultas e exames especializados", disse o secretário estadual de Saúde, Francisco de Assis Costa.


Os veículos devem estruturar o Sistema de Transporte de Usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e foram adquiridos através do QualiSUS, projeto do Governo Federal de qualificação e atenção à Saúde com recursos do Banco Mundial com investimento de R$ 7,1 milhões.


O gestor explica que haverá uma equipe específica para gerenciar o transporte eletivo. "Haverá uma sintonia com as secretarias municipais e a Central de Regulação em Teresina para que se possa otimizar e aproveitar o serviço na maior capacidade", explica o secretário.


O transporte de pacientes eletivos vai beneficiar pessoas que vivem nas cidades de Teresina, Alto Longá, Beneditinos, Curralinhos, Demerval Lobão, Lagoa Alegre, Lagoa do Piauí, Monsenhor Gil, Palmeirais, Pau D’Arco do Piauí, Altos, José de Freitas, Agricolândia, Angical do Piauí, Barro Duro, Hugo Napoleão, Lagoinha do Piauí, Miguel Leão, Olho D’Agua do Piauí, Passagem Franca do Piauí, Santo Antônio dos Milagres, São Gonçalo do Piauí, São Pedro do Piauí, Miguel Alves, União, Jardim do Mulato, Nazária, água Branca, Amarante, Coivaras e Regeneração.
 
Fonte:cidadeverde.com

Corram que a polícia vem aí

13/04/2015 - 08h19min
ampliar Corram que a polícia vem aí Corram que a polícia vem aí

Recentemente, espantei-me com o resultado de uma pesquisa de avaliação do governo Dilma: nada menos do que 78% dos entrevistados desaprovam o Governo!

Mesmo considerando todo o embasamento científico e a seriedade de seus realizadores, pesquisas são pesquisas. Refletem somente uma tendência, um comportamento momentâneo da opinião pública.

Somos testemunhas de erros clássicos cometidos por institutos de pesquisas. Ou comportamentos mal intencionados, lembrando-me da eleição de Brizola para o Governo do Rio de Janeiro, em 1982 (caso Proconsult).

Mas desta feita, não parece haver muito do que duvidar. Uns dois, três ou cinco pontos para cima ou para baixo, talvez. Mas não mudará o resultado. E o apurado é o seguinte: três, dentre quatro brasileiros, desaprovam o Governo Dilma. Inclusos todos aqueles que nela votaram nas últimas eleições e os beneficiários do Bolsa Família. No mínimo preocupante.

Falando em Bolsa Família, sem discutir sua filosofia, pois este espaço não seria suficiente para tanto: soube eu, por fontes confiáveis, que a Polícia Federal começou a investigar muitos beneficiários do programa que talvez não cumpram seus requisitos.

É sabido que muitas famílias mudaram sua situação sócio econômica durante o recebimento do benefício, mesmo que sem a influência direta deste. Outros simplesmente já entraram no Programa “pela porta dos fundos”, como moeda de troca eleitoral. Ou favores pessoais inconfessáveis.

Aquele que recebe um benefício federal sem fazer jus a ele, comete crime de estelionato majorado (artigo 171, § 3º, do Código Penal). É o mesmo que receber a aposentadoria paga pelo INSS de um segurado já falecido. Utilizando ainda, para isso, de documentos inidôneos, poderá ser enquadrado também no artigo 304 (uso de documento falso). Prestar informações falsas ao Gestor Municipal do CRAS: falsidade ideológica (artigo 299 do mesmo Código). Ao todo deve dar uns cinco anos de cadeia, a devolução dos valores recebidos indevidamente e muita dor de cabeça.

São inúmeros os casos que conheço: quem arrumou um bom emprego, casou-se com quem não precisa do benefício, montou seu próprio negócio, elegeu-se a cargo público, faleceu e seus parentes assumiram o cartão e a senha, ganhou na loteria (ou no “bicho”), recebeu polpuda herança, etc. Os propagandeados “sistemas de acompanhamento” não conseguem detectar estas evoluções. A Polícia Federal talvez sim.

Elza que se cuide!

Ontem revi um clássico dos filmes de minha juventude: “Esqueceram de mim” (1990, com o então também jovem Macaulay Culkin). Não pude deixar de traçar um paralelo comigo: ou esqueceram de mim ou alguém com um mínimo de inteligência convenceu meus algozes para ignorarem-me. Fico mais tranquilo, mas menos lido. A cada processo que moviam contra este cronista obscuro, mais prestígio me davam. Mas não deixarei de falar sobre as novas vagas para deficientes no estacionamento que não passou de uma promessa e da falta de publicação na Intranet dos contratos celebrados. Em breve!

*Arthur Teixeira Júnior é colaborador

Entrevista com prefeito Walter Alencar

09/04/2015 - 09h45min
ampliar Entrevista com prefeito Walter Alencar Entrevista com prefeito Walter Alencar

O site da verdade,  agricolandianews.com, sai na frente em busca de uma entrevista exclusiva com o Prefeito Walter Alencar em busca de informações sobre investimentos, coligações para as próximas eleições, seu secretariado, sobre as inúmeras obras recém inauguradas, e muito mais...


Pedimos a todos nossos leitores que sugiram as perguntas a serem feitas ao nosso gestor maior! Os autores das melhores e mais construtivas indagações irão receber um brinde exclusivo dos organizadores.


Com esta iniciativa exclusiva, o site agricolandianews.com irá colocar os eleitores em contato bem mais próximo com o executivo.


Obs.: O prefeito Walter Alencar foi comunicado, concordou com a entrevista e parabenizou a iniciativa do site agricolandianews.com.

Campeonato beneficente em prol a uma criança de 04 anos

01/04/2015 - 11h11min
ampliar Campeonato beneficente em prol a uma criança de 04 anos  Campeonato beneficente em prol a uma criança de 04 anos

Campeonato Beneficente
O campeonato beneficente vai ocorrer na cidade de Agricolandia no período de semana santa, tem como objetivo arrecadar fundos financeiros para ajudar na cirurgia de uma criança de 4 anos de idade. Onde a disputa ocorrera entre os times: vila nova, pitombeira, poeirao, guarani, os Galdinos, Boi Morto, os bafanas e o time da cidade de São Pedro. Dando inicio na quarta feira, sendo dois jogos a tarde, dois jogos na quinta e as semifinais na sexta pela manha, e a final será realizada no sábado a tarde, onde terá sorteio de brindes na final do campeonato com entrada no valor de apenas 2 reais!
Vamos comparecer, pois a união faz a força!
Organização: OS MADRUGAS, Maxweel, Gilson cabeleireiro e Diego do lava jato, Grupo União que faz a força.
1. Quarta Feira:
Pitombeira x Poeirão 15h50min/ 16h50min
Vila Nova x Boi Morto 17:00/ 18:10
2. Quinta Feira:
Guarani x Galdinos 15h50min/ 16h50min
Bafanas x São Pedro 17:00/ 18:10
3. Sexta Feira:
Semifinal – manhã
4. Sábado:
Final a Tarde
Vamos lá pessoal, vamos comparecer!


por Edivania Albuquerque

EnqueteVocê é a favor ou contra da Lei da Ficha Limpa para nosso municipio. Vote SIM P/ a favor e NÃO P/ contra.

Auditado por Google Analytics