Seu navegador não suporta Javascript.

Vereadores Televisão com controle remoto

30/03/2007 - 14h00min
ampliar Vereadores Televisão com controle remoto Vereadores Televisão com controle remoto

Vereadores “televisão” alguem tem o controle remoto


Em Agricolândia, mal começou o ano legislativo, os povos bem-humorados e divertidos já estão chamando os vereadores da cidade de “Vereadores ‘Televisão’, tem alguém com o controle”. Não foi a primeira vez que apresentaram um projeto de lei câmara de grande impacto, com repercussão que venha beneficiar justamente a população e a cidade, e que os vereadores votam e se manifestaram a favor, além de dar entrevistas elogiando o projeto de Lei (até porque as sessões são filmadas pelo site agricolandianews.com e temos todos os registros) e nem por isso eles ficam com vergonha de voltar com a palavra e mudar suas opiniões sem nenhuma justificativa convincente, só baixam a cabeça. Uma atitude vergonhosa por parte dos vereadores em não buscar conhecimento sobre o projeto apresentado e nem procurar saber o que a sociedade acha a respeito do mesmo, simplesmente votam obedecendo ordens, de quem não falam só obedecem!


O projeto de Sessão Intinerante, apresentado na câmara, é nada mais do que querer levar, por mês, uma das sessões da câmara dos vereadores aos bairros Pitombeira, Boi Morto, Tamburil, Faveira e Buraco D'agua! Ou seja, fazer com que as populações dos bairros participem e conheçam os trabalhos dos vereadores, e que assim, os mesmos possam ajudar, dar sugestões e opiniões de melhorias para seu bairro. Simples e eficiente até dia 24 de março, os vereadores que já tinham usado a tribuna para falar do lado bom do projeto, que era de ficar bem mais próximo do povo, simplesmente mudaram de ideia? O presidente até tentou dizer que o projeto era inconstitucional, porém a vereadora Edith Alencar, disse que já havia consultado Ministério Público e Tribunal de Contas provando o contrário, e deu um exemplo de imediato ao presidente Jocione, que a única maneira de se sair foi mexer os pauzinhos e adiar a votação, no qual o vereador Gilvan Abreu pediu vista, ou seja um direito constitucional do vereador, para melhor avaliar o projeto!


O certo é que a justificativa de todos os vereadores nesta sessão foi única, falaram em uma só língua: a câmara não tem a devida condição financeira e que nos bairros não teriam a segurança necessária.


Segurança? “Não entendi o que o Presidente quis dizer, pelo o que sei, o povo dos bairros são todos hospitaleiros, nunca me senti ameaçada em nenhum bairro de Agricolândia”, disse a vereadora Edith. “Essa desculpa todos vereadores foram infelizes de dar, nas eleições todos os vereadores foram até esses bairros atrás de votos para se elegerem, e sobre os custos tenho certeza que não haverá nenhum adicional, isso digo porque fui presidente dessa casa, basta a maioria querer”


O presidente Josione, ainda quis remendar e busca solução, cada vez mais se complicado, sem querer falou a verdade, dizendo que nos bairros não haveria condições, pois caso tivesse sessão itinerante, teria que ser em um lugar público, e disse que as salas de aulas dos bairros estavam quase todas fechadas e com falta de agua e luz. Na verdade, disse realmente que estavam abandonadas.


Agora eu pergunto a vocês? Qual o principal papel do vereador?


Será se sabem que o os vereadores são os verdadeiros fiscalizadores?! Essa seria uma ótima oportunidade de cobrar explicações do Secretário de Educação e do gestor maior, Prefeito Walter Alencar.


Hoje mesmo, em uma conversa com prefeito Walter Alencar sobre uma possível ajuda de verba do Governo do Estado para ampliação e/ou reforma dos colégios dos bairros que estão fechados, a vereadora Edith Alencar nos antecipou que está buscando uma possível solução, ao contrário dos demais vereadores que preferem mentir e jogar a verdade debaixo do tapete que assumir a responsabilidade. “Consiga que ficaremos muito grato, e aproveito para agradecer a viatura que conseguiu, veio em boa hora vereadora! ” Disse o prefeito Walter Alencar.  

EnqueteVocê é a favor ou contra da Lei da Ficha Limpa para nosso municipio. Vote SIM P/ a favor e NÃO P/ contra.

Auditado por Google Analytics